• SNOLA

Estudo reporta alta sensibilidade no exame de retinopatia diabética usando smartphone e IA

BENGALURU, Índia, 10 de outubro de 2019 /PRNewswire/ — Cerca de 50% dos pacientes com diabetes não conseguem fazer exame oftalmológico anual mesmo nos EUA e na UE. Em muitos países, menos de 10% dos pacientes encaminhados para os oftalmologistas por seu médico de cuidados de saúde primários realizam exame completo de retina dilatada.



A tecnologia pode ter um papel na capacitação dos médicos de cuidados primários. O exame de Retinopatia Diabética (DR) baseado nos cuidados primários pode permitir a detecção precoce, evitando a cegueira devido à DR para aproximadamente 425 milhões de pessoas que convivem com o diabetes em todo o mundo.


Em um estudo apresentado na revista JAMA Ophthalmology, uma equipe da Fundação Aditya Jyot para Olhinhos Brilhantes (Aditya Jyot Foundation for Twinkling Little Eyes) de Bombaim, na Índia, examinou pacientes com diabetes mellitus, em clínicas públicas em Bombaim, com câmeras retinianas baseadas em smartphones da Remidio Innovative Solutions e validou a precisão do diagnóstico do Medios AI integrado para a detecção da DR. O Medios AI fornece um relatório de diagnóstico da retina em menos de 10 segundos, com conclusão realizada diretamente no smartphone.


As imagens capturadas na câmera do smartphone da Remidio foram submetidas à análise feita pelo Medios AI. Elas foram simultaneamente avaliadas por especialistas vitro-retinianos. O Medio AI é composto por dois algoritmos diferentes baseados nas redes neurais convulacionais, um deles avaliando a qualidade da imagem e o outro separando imagens saudáveis das imagens relacionadas com a DR (RDR – referable DR)


A sensibilidade clínica e a especificidade do algoritmo do Medios AI foram consideradas como 100% e 88,4% para RDR, 85,2% e 92,0% para qualquer DR respectivamente, excedendo a superioridade dos marcadores da FDA para uma sensibilidade de RDR de 85% e uma especificidade de 82,5%


O Dr. T.Y. Alvin Liu, médico e professor assistente de oftalmologia da Escola de Saúde Pública Johns Hopkins Bloomberg, quando convidado a comentar, chamou o estudo de uma “mudança de paradigma”.


O Dr. Natarajan, autor principal do estudo, disse, “O estudo abre o caminho para a implementação de modelos de grande escala para o exame da DR, mesmo em locais sem infraestrutura de Internet. Este é um passo à frente na abordagem adotada pela Google e outras empresas de IA que precisam que seus modelos de IA sejam executados em servidores externos, necessitando acesso à Internet”.


O aparelho e a IA automatizada têm marcação da CE e estão disponíveis para uso na UE. Estudos clínicos anteriores, validando o mesmo aparelho, estão disponíveis nas revistas Nature Eye e Ophthalmology Retina.


Sobre a Remidio Innovative Solutions:

A Remidio é a primeira empresa de aparelhos oftalmológicos e Inteligência Artificial integrados que utiliza seus produtos patenteados e de fácil uso para impactar globalmente os exames oftalmológicos. Para mais informações, visite o endereço: http://www.remidio.com/

Contato com a mídia Alok Raj K +91-7353539000 alokraj@remidio.com


Fonte: PRNewswire

Foto: https://mma.prnewswire.com/media/1008218/Retinal_Cameras_Remidio_Innovative.jpg

0 visualização

NOSSOS

PARCEIROS

GFMEDICAL.png
SPINELEVEL.png
Logo-Vetorizado-Cinza (1).png
snola-logo-branco.png

CONTATO

Avenida Brigadeiro Luiz Antônio,
2367 - 11º Andar Cj 1.102;
São Paulo/SP - Brasil CEP: 01401-000

(11) 3285-3736  |  contato@snola.org

CANAIS

Copyright © Society for Neuroncology Latin America (SNOLA)  ∙   Política de privacidade e uso de informações